sexta-feira, 29 de maio de 2009

Sentimentalismo


Já à algum tempo que eu não me sentava um bocadinho em frente ao computador com tempo para escrever umas coisinhas da minha autoria.

Hoje vai ser o dia, mais concretamente a noite, que vou falar de sentimentos. São uma coisa que me intriga e, se há coisa com que eu nunca soube lidar muito bem foi com os sentimentalismos.

Já no meu tempo de faculdade, éramos obrigados a fazer uma reflexão de estágio e, para variar, a minha era sempre a mais pequena do grupo. Eu limitava-me a dizer "gostei", "correu bem" ou "correu mal". Depois era uma canseira porque pediam para acrescentar mais umas linhas para pelo menos chegar a meio da página.

Mas, eu não tinha culpa de que para os meus colegas espetar uma agulha em alguém provocasse tantos sentimentos que dava para uma novela Mexicana! Eles só para dizerem que o estágio correu mal no dia x escreviam 50 linhas! Será que era para dar graxa ou eles eram assim tão sentimentalistas?

Outra coisa que eu também não percebo é como é possível as pessoas comerem frango mas não poderem ver matar uma galinha que ficam com a lágrima no olho. O sentimentalismo chega ao ponto de um caçador matar um coelho e de alguém o ver morto com um bocado de erva na boca e dizer: "coitadinho que estava a comer!" Se calhar estavam a contar que estivessem à espera de ele acabar de comer, fazer-se umas festinhas para arrotar e aí então já se podia dar o tiro!

Mas não fiquem a pensar mal de mim. Eu escrevo estas coisas mas tenho sentimentos! Também sinto fome, sono e por vezes dores de barriga...


2 comentários:

Joana disse...

É pá,tu lembras-te de cada uma...

Eliana Jacira Ramos Brasil disse...

definitivamente... esta tá de +...
gostei.. beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...