quinta-feira, 9 de junho de 2011

Função Pública perde 1,5% no subsídio de férias

Acho que esta noticia do Económico pode interessar a quem desconta para a ADSE.


"Todos os funcionários públicos, no activo ou reformados, vão sofrer um corte no subsídio de férias de 1,5%. O motivo é que o Orçamento do Estado de 2011 estipulou que os descontos para a ADSE se apliquem sobre os subsídios de férias e de Natal e segundo o Correio da Manhã, os serviços que processam os vencimentos já estão a preparar essa cobrança de 1,5% do subsídio. As novas regras implicam que não só os empregados do Estado que já se aposentaram tenham de descontar a 14 meses para a ADSE, mas também os funcionários públicos no activo que entraram para o Estado antes de 2009 e que até agora descontavam apenas a 12 meses."

Já não bastava o facto dos descontos dos novos funcionários públicos para ADSE não serem abatidos ao IRS (link). Agora também passam a descontar nos subsídios de féria e Natal.
Será que vale a pena continuar a descontar para a ADSE?
Eu acho que não...

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...