domingo, 16 de setembro de 2012

Consumo de Caralhos-do-mar pode reduzir doenças cardiovasculares


Segundo uma notícia da Renacença, o consumo de pepinos-do-mar, invertebrados da família das estrelas-do-mar, pode contribuir para a redução de doenças cardiovasculares, entre outros benefícios, revela um estudo realizado no Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da Universidade do Algarve. 

Os pepinos-do-mar, cuja dimensão pode ir dos 26 aos 50 centímetros, podem ser encontrados em zonas de baixa densidade. São usualmente comercializados depois de secos com a designação de 'Bêche-de-mer'. 

Além de desconhecer que estes "bichos" eram comestíveis, conheço-os por outros nomes menos requintados. Na minha terra chamam-se Dinga-dingas, e Caralhos-do-mar, e eu já pesquei uns quantos!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...